A vontade de ter a própria emissora pode estar gritando dentro de você, mas sabemos muito bem que ninguém gosta de trabalhar de graça. Por isso, como ganhar dinheiro com rádio torna-se uma dúvida bastante comum nesse processo.

Grande parte dos canais online iniciam seus trabalhos sem muitos recursos financeiros, afinal, bastam um combo de 4 acessórios básicos para que a programação vá ao ar: internet, microfone, fone de ouvido e computador.

A boa notícia é que montar uma rádio web profissional e transformá-la em um negócio lucrativo não é impossível. Continue a leitura e veja de que formas você pode criar esse canal e confira dicas de como rentabilizar as atividades. Acompanhe e saiba mais!

Como criar uma rádio online?

O primeiro passo para descobrir como ganhar dinheiro com rádio online é criar uma emissora que seja um sucesso, despertando o interesse de ouvintes e anunciantes.

O rádio, como meio de comunicação, sempre foi eficiente pela capacidade de atingir o público e isso melhorou com os avanços de internet. Hoje, por meio de uma estação online ou podcast veiculados nas rádios tradicionais, é possível rodar o mundo.

Contudo, montar uma rádio web profissional de sucesso exige o cumprimento de alguns protocolos como delimitar o público, seguir uma linha de programação coerente e o uso de equipamentos adequados.

Conheça agora alguns dos principais elementos que devem ser considerados nesse processo:

Equipamento básico

Criar uma rádio online não exige um grande número de equipamentos ou um maquinário muito complexo, como é o caso das rádios tradicionais. Aqui, o que importa é investir nas ferramentas certas para ter uma estrutura adequada. Confira:

Computador e conexão com a internet

Um notebook ou um computador mais antigo, de mesa, mas que ainda esteja em perfeito estado de funcionamento é o suficiente. Fique atento para não usar uma máquina lenta ou que trave demais, pois, pode acabar atrapalhando uma de suas transmissões.

O que faz deste o principal instrumento para que a sua rádio possa ir ao ar é a internet! Procure por um servidor estável e uma conexão com capacidade para um mínimo de 300kbps de upoload.

Microfone e fone de ouvido

Uma estação online pode apenas veicular conteúdo musical. Contudo, se o objetivo é ganhar dinheiro com rádio, é necessário ao menos montar um programa de rádio e investir em vinhetas que envolvam os ouvintes.

Para isso, o microfone é um equipamento indispensável e precisa apresentar o mínimo de qualidade necessário para que o som não apresente ruídos, deixando os áudios cortados e com falhas. O público deve escutar nitidamente a locução.

A boa notícia é que o valor de um bom microfone não é tão alto. Vá até uma loja especializada e faça os testes necessários antes de escolher!

Já no caso dos fones de ouvido, os modelos mais simples cumprem bem a função. O objetivo é que você ouça a própria locução e o áudio do programa, portanto, se você está satisfeito com o fone do seu smartphone, pode até utilizá-lo!

Alertamos sobre as caixas de som plugadas no PC na hora das transmissões, já que podem gerar barulhos como a microfonia durante o programa. Certamente o patrocinador do seu programa não gostaria de ouvir o nome da empresa pela metade, não é mesmo?

Software de transmissão e automação

Atualmente, existem diversos programas destinados à transmissão de rádios online no mercado, como a Bycast, em que os planos variam de R$39,00 a R$99,00 e disponibilizam um período gratuito de testes por 15 dias.

Esses programas são muito importantes para que você mantenha o seu negócio com profissionalismo. Quanto mais profissional for a sua emissora, maiores são as chances de conseguir anunciantes.

Veja algumas das funcionalidades:

  • permite o gerenciamento via celular, facilitando a demonstração para os possíveis patrocinadores;
  • construtor de site fácil e rápido;
  • transmissão automática e agendamento automático para transmissão de playlist;
  • e-mails ilimitados, serviço que pode ser agregado ao pacote de benefícios para o anunciado.

A automação para rádio online é fundamental para a reprodução do conteúdo e gerenciamento de toda a programação. Além disso, diminui o custo das operações uma vez que não necessita a contratação de colaboradores para cuidar da programação e você fica mais livre para outras atividades.

Organizar o conteúdo

Agora que você já sabe toda a parte técnica necessária para ir ao ar, está na hora de pensar no conteúdo. A melhor maneira de saber o que você deve veicular em sua rádio é direcionando o público. Para quem você quer falar?

Saiba que você pode ir além do básico, como faixa etária ou preferência musical. Que tal apostar no público religioso e fundar um canal gospel? Ou para os esportistas viciados em corridas da sua cidade e região? Você também pode cogitar as rádios indoor, para shoppings e grandes lojas.

É importante que todas essas ideias sejam esquematizadas em uma planilha. O público-alvo, a forma como você vai construir sua programação e o conteúdo que você gostaria de transmitir devem ser devidamente anotados, pois toda ideia deve ser estudada.

O tempo de duração de cada programa também deve ser planejado. Com esse esqueleto em mãos, fica mais fácil organizar toda a estrutura de programação da rádio. Dessa forma, você consegue colocar as playlists na programação de maneira criativa, alternando com os conteúdos autorais, boletins informativos, vinhetas, transmissões em geral e podcasts.

Definir a programação

Após ter definido a organização da sua programação na teoria, chegou a hora de colocá-la em prática. Aproveite as ferramentas de automação para que o streaming de áudio trabalhe por você, rodando as playlists selecionadas e observe o fluxo de visitantes do seu site.

O ideal é que você já tenha iniciado a divulgação para amigos, familiares e nas redes sociais. Grupos onde o público-alvo se concentra também são uma boa. Então, chega o momento de aperfeiçoar essa grade, de modo que atraia cada vez mais ouvintes e consequentemente, anunciantes:

Segmentação

Interaja com os ouvintes por meio de votações, bate papo, jogue perguntas nas redes sociais sobre música ou o que esses indivíduos gostariam de ouvir e tenha um número de WhatsApp disponível para permanecer próximo a essas pessoas.

Essas medidas são necessárias para que você entenda o seu público-alvo e descubra se acertou no planejamento. Assim, você pode apostar no segmento de acordo com a preferência dessas pessoas, fidelizando a audiência.

Intervenções

Os comerciais já são uma intervenção por si só. Você pode investir apenas em músicas e anúncios, contudo, a locução de programetes é fundamental para enriquecer a programação.

Você até pode criar uma web rádio apenas com conteúdo musical. Mas, porque não acrescentar para seus ouvintes algumas intervenções? Piadas, notícias de última hora que tenham a ver com o segmento da rádio, horóscopo, jingles, e até mesmo informar a hora correta são recursos que podem ser utilizados para humanizar a programação.

Você pode enriquecer ainda mais esse conteúdo com entrevistas e bate-papo, cuidando com o tempo de duração para não ficarem cansativas ou irritar os ouvintes que estão em busca de conteúdos musicais.

Adicionar as músicas

Com o planejamento em mãos, público e intervenções definidas, está na hora de focar no produto principal de uma rádio: as músicas!

A Bycast já revelou em um dos seus artigos que as maiores geradoras de receita para o mercado sonoro brasileiro são as emissoras online e os serviços de streaming de música, apresentando um crescimento de mais de 60% de 2016 para 2017.

Diante de tudo que já foi apresentado sobre a importância de planejar a abertura da rádio, acertando na segmentação e no público-alvo, é o momento de dar ao público-alvo uma programação de qualidade, atendendo as expectativa dos ouvintes.

Citamos, acima, a importância de interagir com esses indivíduos para descobrir o que esperam ouvir nas playlists, identificando o que pode ser alterado para melhorar o serviço entregue. Veja os principais elementos que devem ser considerados:

  • toda música que será acrescentada a programação deve ser ouvida integralmente para verificar se não há interferências;
  • se você julgar que o áudio poderia ter mais qualidade, não acrescente a sua programação;
  • caso não encontre o arquivo sem intercorrências, de uma música que tenha muitos pedidos, tente editar o que está disponível na internet;
  • evite inserir vinhetas durante a música.

Lembre-se sempre de que as músicas devem ser as preferidas dos ouvintes, e não as suas. Dentro do nicho escolhido para trabalhar, mantenha as playlists atualizadas. Siga os artistas mais pedidos nas redes e não perca tempo com os lançamentos musicais do estilo.

Entretanto, não esqueça das canções que marcaram época. Você pode investir em um programa especialmente com as mais famosas dos últimos tempos ou acrescentar essas músicas às últimas novidades do momento.

Quais as vantagens de usar o streaming de áudio?

Os avanços tecnológicos permitiram que as pessoas consigam reproduzir arquivos de áudio e vídeo pela internet, sem a necessidade de fazer o download desse conteúdo.

Um dos motivos do streaming de música apresentar constante crescimento, é justamente essa possibilidade de ter o entretenimento em mãos, sem precisar ocupar espaço nos dispositivos do usuário.

A maioria desses serviços exigem assinatura, ou seja, são pagos, enquanto a sua emissora de rádio pode ser veiculada gratuitamente. E é aí que se encontra a vantagens de utilizar esses programas.

Você pode fazer a assinatura em um ou mais plataformas, que não precisam necessariamente disponibilizar o download do conteúdo. Hoje ha vários softwares disponíveis para fazer esses serviços.

Assim, você consegue estruturar uma biblioteca ampla e de qualidade para criar as suas playlists e atrair um público que terá um som com as mesmas características dos aplicativos pagos, sem precisa desembolsar um real para isso. ]

Experimente utilizar o Spotify ou até mesmo o Youtube como fonte desses áudios! Conheça mais algumas vantagens na utilização desses programas:

Simultaneidade

Um serviço de streaming é uma tecnologia que possibilita a transferência de dados por meio da web, de forma quase instantânea. Como relatamos acima, você pode utilizá-lo para fazer o download de arquivos de música com mais qualidade, ou hospedar a sua estação virtual em um serviço que permita essa ação.

A simultaneidade é uma das vantagens de fazer esse investimento, pois, muitos ouvintes optam pelo rádio via web enquanto estão desempenhando alguma atividade na internet, seja fazendo uma pesquisa, batendo um papo ou até mesmo trabalhando.

Sendo assim, hospedar a emissora em um desses serviços e divulgar nos canais certos aumentam as chances de atrair o público e conseguir uma boa audiência, essencial para a venda de espaços publicitários.

Alcance ilimitado

Uma das características da internet é que não há limites geográficos para acessar as informações hospedadas. Isso significa que qualquer pessoa pode acessar um determinado conteúdo, a qualquer hora e de qualquer lugar no mundo.

O alcance ilimitado também é uma vantagem para você que quer transformar a rádio em um negócio, e para quem anuncia. 

Isso porque a sua consequência é o número de pessoas que têm acesso ao conteúdo.

Enquanto emissoras tradicionais AM e FM tem um raio de cobertura limitado e preestabelecido, uma estação online pode alcançar um público além do horizonte. Já pensou em investir em uma rádio para brasileiros que moram no exterior, integrada a um blog? Fica a dica!

Baixo investimento

Inaugurar uma estação nas plataformas de streaming disponíveis na internet não é um investimento que exige um alto valor em recursos. Como já mencionamos neste mesmo artigo, há plataformas que vendem seus planos por menos de 40 reais por mês.

Talvez você tenha que investir um pouco mais nos equipamentos necessários, como um notebook ou microfone de qualidade, também já citado neste texto. A internet, elemento fundamental, já é uma realidade na maioria dos lares brasileiros e provavelmente não exige nenhum gasto a mais com essa ferramenta.

Com isso, sobram os investimentos nas estratégias sobre como ganhar dinheiro com rádio, rentabilizando os horários presentes na programação por meio da venda de anúncios, comerciais e contratos com patrocinadores.

Anunciar nas redes sociais como o Facebook, Instagram ou YouTube tem um custo baixo e podem trazer resultados bastante satisfatórios. Ou seja, você pode ganhar muito, investindo muito pouco.

Como ganhar dinheiro com uma rádio online?

Aqui na Bycast missão dada é missão cumprida e se você chegou até aqui porque está interessado em saber como ganhar dinheiro com rádio, não poderíamos decepcionar!

Confira agora nossas dicas valiosas para rentabilizar o seu negócio e perceba que algumas estratégias também podem aumentar a audiência da sua emissora!

Escolher um host com espaço para anunciantes

Primeiramente, é preciso ter consciência de que os principais meios de se acessar uma rádio online é pelo computador, por meio de uma URL própria, ou por um aplicativo via smartphone.

Aqui está uma das formas de ganhar dinheiro com rádio sem ser durante a programação. Isso porque você pode vender espaços no site ou aplicativo para anunciantes externos que, a cada clique gerado, paga uma pequena quantia de dinheiro ao dono do domínio.

Quando esses cliques se acumulam, o valor passa a ser significativo. Assim, você pode negociar a venda desse espaço por um período, cobrando um preço fixo. Contudo, se você acha muito trabalhoso ir atrás de empresas para alugar essas janelas, o Google AdSense faz isso por você, implementando o sistema automaticamente nesses espaços.

Vender anúncios no programa

Essa talvez seja a forma mais tradicional sobre como ganhar dinheiro com rádio, seja ela online ou não. Mas aqui não tem o apoio do Google: é preciso colocar a mão na massa!

Para isso, você deve montar um kit de apresentação da sua emissora, contendo informações sobre os objetivos do seu canal, o público-alvo, perfil dos ouvintes e programação. De posse a esse documento, é hora de visitar empresas que podem ser parceiras nessa jornada.

Entre em contato com o departamento de marketing de parceiros em potencial, agende uma visite e apresente o seu material. Se você não sabe por onde começar, a dica é abordar empresas que atuem no segmento da internet, como TI, desenvolvedores de aplicativos, serviços de hospedagens de site e afins. Afinal, a sua rádio também atua online!

Uma outra dica é explorar nichos de acordo com os seus programas e vender a publicidade no rádio para quem presta esses serviços. Por exemplo, se você tem um programa de culinária, pode entrar em contato com um café da sua cidade.

Ter financiamento coletivo

O financiamento coletivo é relativamente uma novidade na internet, mas já tem muitos adeptos. Hoje, algumas plataformas fornecem um sistema de financiamento online, em que os fãs de um determinado trabalho podem contribuir financeiramente para manter essa atividade em funcionamento.

Isso não acontece de graça. Esses apoiadores, ao investir uma quantia mensal para o seu projeto, esperam ter algumas vantagens. No caso da web rádio, essa recompensa pode virar uma participação em programas ou na comissão organizadora de um evento.

Movimentar as redes sociais

Qualquer negócio que preze pela sobrevivência e sustentabilidade deve investir em redes sociais e não seria diferente com uma emissora de rádio, não é mesmo?

Interagir com o público é fundamental nesse segmento e deve contemplar as redes mais populares, como o Facebook, Twitter e Instagram. Inclusive, se você tratar de negócios ou divulgar vagas de emprego pode aderir ao LinkedIn. Um canal no YouTube para compartilhar os clipes das mais pedidas também pode render uma graninha.

Contudo, mais do que estar presente, é preciso engajar esses seguidores para que se identifiquem com a programação e realmente ouçam as suas produções.

Para isso, você deve elaborar estratégias que despertem o interesse em enviar mensagens durante o programa e compartilhem as suas publicações. Quanto maior for o número de ouvintes, mais fácil será para angariar anunciantes e você pode cobrar um valor a altura da audiência.

Ter um programa de afiliados

Assim como plataformas de financiamento online, existem os programas de afiliados, como o famoso site da Amazon.

Funciona da seguinte forma: se você tem um programa que fale sobre literatura, essa plataforma permite que você disponibilize um link para compra, ou código promocional, para que o público veja no site os livros que estão sendo discutidos. Caso efetuem a compra, uma porcentagem desse valor vai para você.

Fazer parcerias com artistas iniciantes em potencial

Fechar parcerias com artistas e bandas iniciantes é uma prática bastante comum do universo da música devido ao seu grande potencial. Esses indivíduos estão em busca de visibilidade e podem render ótimos negócios.

A emissora pode cobrar para veicular o novo jingle, ou reproduzir gratuitamente por um período em troca de uma apresentação em um evento organizado pela rádio. Você também pode ser um dos investidores dessa carreira em potencial, divulgando os novos talentos negociando uma porcentagem sobre músicas e shows.

Quanto mais conhecida sua rádio for, maiores serão as chances desses artistas procurarem pela sua emissora e se disponibilizarem a fechar essas parcerias. É possível que até mesmo gravadoras e selos independentes se interessem pelo seu trabalho.

Estude a possibilidade de inaugurar um blog paralelo a sua rádio e decole no segmento musical!

Conclusão

E assim chegamos ao final de mais um artigo voltado ao planejamento, estruturação e criação de uma estação na web, possibilitando transformar o hobby em um negócio lucrativo e viabilizado por meio de investimentos acessíveis.

Hoje, você conheceu um pouco mais sobre os equipamentos necessários para promover um áudio de qualidade, conferiu dicas para organizar o conteúdo e definir a programação, aprendeu o que deve ser considerado ao selecionar as músicas e as vantagens de utilizar os serviços de streaming.

Todas essas informações têm o foco em atrair o público, para que a consequência seja as parcerias com empresas anunciantes.

Esperamos que você tenha aproveitado todas as dicas sobre como ganhar dinheiro com rádio, afinal, o segmento musical realmente pode gerar bastante rendimentos para aqueles que estão dispostos a trabalhar com dedicação e seriedade.

A Bycast é uma empresa que oferece o serviço de streaming e transmissão de áudio pela internet, garantindo um valor acessível e oferecendo serviços com a mesma qualidade que os seus concorrentes. Entre em contato conosco e conheça mais sobre a nossa empresa e nossos produtos. Esperamos por você!
 
Powered by Rock Convert
Bycast
Autor

2 Comentários

Responder a Bruno de Lima Costa Cancel Reply