Desde a explosão do rádio no Brasil, durante os anos 50, esse meio de comunicação passou por muitas mudanças. Saem os reis e rainhas do rádio; entram as rádios online, possibilitando aos ouvintes sintonizar sua programação favorita através da internet.

Ao contrário das rádios tradicionais, a  web rádio consegue segmentar bem seu público-alvo, já que oferece uma programação personalizada a qualquer hora.

Porém, para ter uma rádio de sucesso, não basta apenas investir em uma programação musical de qualidade. É preciso oferecer outros conteúdos de qualidade aos ouvintes.

Os programas e programetes para rádio são aliados na hora de fidelizar o público-alvo e enriquecer o conteúdo de sua rádio! 

Neste artigo, você vai descobrir o que são programas e programetes para rádio, além das diferenças entre eles e como podem ajudar a criar uma programação diferenciada. Fique conosco e confira!

O que são programas e programetes para rádio?

Mas, afinal, o que são programas e programetes para rádio? Apesar de serem duas palavras bastante parecidas, o significado delas difere completamente.

Os programas são áudios de maior duração, que possuem um horário definido, assim como um tema. Por exemplo, sua web rádio pode ter um programa sobre culinária todas às quartas-feiras, na faixa do meio-dia.

Cada programa pode ter uma temática diferente dentro do assunto principal, ou seja, o número de possibilidades para criar discussões é infinito. Basta usar a imaginação e ter um bom planejamento!

Já os programetes para rádio são áudios de curta duração que não ultrapassam cinco minutos. Mas não subestime o fato de esses conteúdos serem curtinhos! Eles podem ser inseridos entre um bloco musical e outro, ajudando a compor uma programação original.

Os programetes para rádio podem informar sobre os bastidores da televisão, esportes, as últimas notícias do Brasil e do mundo, dentre outros. Vai depender de quem é o seu público-alvo!

Qual é a diferença entre programetes para rádio e vinhetas?

Embora tenham curta duração, programetes e vinhetas não são a mesma coisa. A diferença entre eles é que a vinheta divulga um conteúdo que será veiculado na própria web rádio.

Geralmente, as vinhetas duram 30 segundos, por isso o ideal é investir em uma chamada atraente, de preferência algo que fique na memória dos ouvintes. Ao ouvi-la, sua audiência já saberá que aquele é o anúncio do programa favorito deles!

Quais são os tipos existentes de programas e programetes para rádio?

Como dissemos acima, os programas e programetes para rádio podem ter uma gama de assuntos. Mas como posso escolher o melhor programa ou programete para minha web rádio?, você se pergunta. A resposta é muito simples: conhecendo o seu público-alvo!

Hoje existem diversas possibilidades de conhecer a audiência. Por exemplo, usar os formulários do Google pode dar uma noção se os ouvintes gostam da programação oferecida, ou não.

Além disso, o Google Analytics é um grande aliado no conhecimento e na fidelização do público, pois, com essa ferramenta, você consegue mensurar quanto tempo o ouvinte permaneceu no site da emissora de rádio

O que não dá para fazer em hipótese alguma é inserir qualquer conteúdo durante os blocos musicais. Planejar é a chave para o sucesso!

Depois de mapear a audiência, chegou a hora de escolher os programas ou programetes para rádio que integrarão a web rádio. Vamos lá?

Aqui, na Bycast, oferecemos inúmeras opções de programetes para rádio que deixarão sua rádio ainda mais profissional e completa. Eles são atualizados diariamente no painel de controle. Ou seja, uma vez que você os utilize, a atualização acontecerá de maneira automática. É muita comodidade, não é?

Confira algumas dicas de programetes para rádio oferecidos pela Bycast:

1. Clássicos do Rei

Se seus ouvintes são apaixonados por Roberto Carlos, esse programete é uma brasa mora! Com quatro blocos de 15 minutos, a playlist é composta apenas por sucessos do eterno Rei.

2. Horóscopo

Ideal para preencher a programação, esse programete oferece a previsões astrológicas diárias. São blocos de 1 a 2 minutos, de segunda a sexta-feira. Os ouvintes “loucos dos signos” vão adorar!

3. Sinal verde

Os ouvintes costumam ouvir sua web rádio no trânsito? Eles vão adorar Sinal Verde, programete com dicas de trânsito, atualizado diariamente através do painel de controle da Bycast.

4. Conexão News

De segunda a sexta-feira, com blocos de 1 a 2 minutos, seus ouvintes terão as melhores e mais atualizadas notícias sobre o Brasil e o mundo. Perfeito para quem deseja aliar música à informação!

5. Previsão do tempo

O clássico dos programetes não poderia ficar de fora! Ele conta com a previsão do tempo para as cinco regiões brasileiras, em blocos de 1 a 2 minutos, de segunda à sexta.

6. Viva Melhor

Alimentação, bem-estar e atividades físicas estão na pauta de Viva Melhor, com blocos diários de 1 a 2 minutos durante todos os dias da semana.

7. Resumo de Novelas

Para os noveleiros de plantão, este programete para rádio é melhor que ler revista de fofoca. Com ele, o ouvinte consegue ter um resumo de todas as novelas da Rede Globo sem ter que sair da sua web rádio favorita.

8. Repórter Notícia

Trata-se de um quadro com boletins informativos fornecidos por jornalistas. Ele é veiculado de segunda-feira à sábado, em blocos de 1 a 2 minutos.

9. Tempo de Deus

Se você possui uma rádio gospel, este programete da Bycast é ideal para divulgar a palavra do Senhor e os louvores de adoração. Ele conta com seis blocos de até 18 minutos.

10. Vale a Pena Ouvir

Quem não curte uma boa nostalgia, não é mesmo? Este programete faz uma viagem no tempo através de uma playlist de sucessos dos anos 90 e 2000. Ele é dividido em quatro blocos de 13 a 15 minutos, somando uma hora de duração.

Porém, se você deseja um conteúdo mais extenso, o programa de rádio é a opção certa para você!

Criar um programa de rádio do zero pode parecer difícil, mas, com algumas etapas, esse processo consegue tomar forma. Separamos algumas dicas para montar um programa de sucesso:

Delimitar objetivos: o que quero com o programa?

Como qualquer projeto, a primeira etapa consiste em tirar a ideia do papel e delimitar seus objetivos. Algumas perguntas podem ser bastante úteis neste momento:

  • O que desejo com esse programa?
  • Qual será o assunto?
  • Em que horário será veiculado?

Depois de encontrar a resposta para as perguntas acima, você poderá colocar a mão na massa e começar a etapa de definição de público-alvo.

Conhecer o público-alvo: para quem é o meu programa?

Sem o público, o programa não existe, certo? Por isso, é essencial, depois de definir o conteúdo, pensar em como adaptá-lo ao seus ouvintes.

O programa deve estar alinhado aos objetivos da rádio. Por exemplo, se sua web rádio deseja apenas informar os ouvintes, não é uma boa ideia inserir um programa sobre bastidores do mundo da televisão.

Dedique-se muito a essa etapa, pois é ela que definirá o sucesso da sua web rádio.

Como encaixar os programas e programetes para rádio na programação?

Os programetes para rádio podem ser inseridos para preencher blocos, entre uma atração e outra.

É interessante pensar em como o programete se relaciona com o conteúdo anterior, para que não haja estranhamento da parte do ouvinte. O programete precisa estar integrado ao conteúdo da web rádio.

O mesmo vale para o programa. Além disso, outra dica é escolher um horário ideal para a sua difusão.

Você pode fazer isso com a ajuda do Google Analytics, que possui uma ferramenta de monitoramento de tráfego do site da emissora de rádio. Com ela, é possível saber em qual horário os ouvintes estão mais ligados na rádio.

Se sua web rádio possui uma página no Facebook, também é possível saber quando os ouvintes mais a acessam através das ferramentas do Gerenciador de Negócios da plataforma.

Dessa forma, você escolhe o horário que tem mais chances de engajar sua audiência, algo muito importante quando falamos sobre sucesso!

Como criar uma programação diferenciada?

Você já decidiu inserir um programete ou programa para alavancar sua web rádio. Agora é só dar o play e esperar pelo sucesso, correto? Nada disso!

O planejamento de conteúdo é uma etapa muito importante para garantir uma programação consistente e de acordo com a audiência. 

Uma dica é fazer um roteiro para cada programa: sobre o que será? Quem serão os convidados? Quais músicas serão tocadas?

Além disso, o calendário editorial é uma ferramenta poderosa para criar programas incríveis. 

Com ele, é possível ter noção de todos os assuntos que serão abordados, formando uma programação consistente. Você pode, inclusive, planejar conteúdos especiais, de acordo com um tema pré-estabelecido!

Um conteúdo de qualidade é o rei da sua programação. Confira algumas dicas de como criar uma programação diferenciada:

Fique de olho em datas comemorativas

Pelo menos uma vez por mês temos alguma data comemorativa. Que tal investir em programas especiais tendo em vista essas ocasiões? Eles podem render ótimas pautas!

Apenas tome cuidado para que essas datas comemorativas estejam alinhadas ao assunto do seu programa.

Planeje com antecedência

O segredo do sucesso começa com um bom planejamento. Isso demanda tempo. Portanto, não deixe para a última hora, pois um planejamento corrido pode comprometer a qualidade do conteúdo.

O ideal é fazer esse planejamento na última semana de cada mês. Assim, você consegue se concentrar em colocar a mão na massa para produzir um conteúdo incrível!

Existem inúmeras ferramentas de planejamento que podem ajudar você a tornar suas ideias realidade. Abaixo separamos as mais conhecidas:

Trello

O Trello é uma ferramenta gratuita que possibilita a criação de quadros de tarefas. Você pode definir datas para esses quadros, além de convidar membros da equipe para participar deles.

Essa ferramenta pode ser conectada a várias outras, como o calendário do Google, facilitando a visualização de todas as etapas do processo de planejamento.

Evernote

O Evernote usa a ideia de blocos de notas para organizar tarefas. Ele está disponível para a maioria dos sistemas operacionais, como iOS, Android e Windows. Assim, você consegue visualizar e sincronizar o planejamento de onde estiver.

Com os cadernos da ferramenta, é possível agrupar todo o conteúdo de um programa. É ideal para não perder ideias e não misturar o conteúdo de um programa com outro.

Se você estiver gerenciando a rádio em equipe, o Evernote permite o compartilhamento de cadernos. Dessa maneira, todos os membros conseguem opinar sobre o planejamento, evitando o envio de planilhas por e-mail.

Planilhas

Há quem prefira a boa e velha planilha do Excel. Com elas, você cria tabelas para o planejamento de cada mês, organizando melhor sua rotina.

Caso você seja fã de tecnologia e planilhas, existem as planilhas oferecidas pelo Google Docs. Elas podem ser atualizadas e compartilhadas on-line com outros membros da equipe. Basta ter uma conta do Google!

Com tantas ideias, fica até difícil escolher uma forma de planejar, não é? Fique tranquilo, pois não existe certo e errado em termos de planejamento. Cada pessoa se organiza de um jeito.

O que não dá para acontecer é você ter milhares de ideias e não documentá-las. Às vezes as melhores ideias surgem em momentos inesperados, como durante o trajeto de ônibus. Por isso, anote tudo! Assim, você também vai liberar sua mente para pensar na parte prática do programa.

Tenha um banco de ideias

Sabemos que existem aqueles momentos em que nossa mente não coopera conosco, e o planejamento não toma forma de jeito nenhum. Trata-se do famoso “dar um branco”.

É para essas situações que serve um banco de ideias. Você pode elaborá-lo com a ajuda de ferramentas gratuitas, como o Google Trends, sempre pensando no que o seu público-alvo deseja. Ele também pode ser alimentado com o feedback dos ouvintes em relação aos seus programas e programetes para rádio.

O banco de ideias pode desencadear uma ideia de assunto genial, além de servir como peça coringa na hora em que todas as possibilidades se esgotaram.

Use e abuse das redes sociais

A sua web rádio possui redes sociais? Que tal usar e abusar delas para ter feedbacks dos ouvintes?

Hoje em dia é essencial que a rádio tenha um canal de comunicação com o público, pois ele parte da seguinte premissa: “Se X não tem uma rede social, é porque X não existe”.

Existem uma gama de plataformas de comunicação com a audiência, como o Facebook e o Instagram. No entanto, não atire para todos os lados.

Muitos negócios não estudam as melhores redes sociais para divulgar seus serviços e acabam direcionando forças para plataformas nas quais seu público não está.

Depois de escolher a melhor rede social para sua web rádio, use as ferramentas presentes nelas para ter um acompanhamento detalhado do que o público está achando dos programas e programetes para rádio.

No Facebook, por exemplo, é possível usar o recurso de enquetes para decidir o assunto de um programa. Não é o máximo?

Respeite o tempo de cada conteúdo

Programas e programetes para rádio funcionam de formas diferentes. É preciso respeitar as especificidades de cada um para não comprometer o conteúdo.

Programetes devem ter uma duração mais curta, enquanto os programas podem ter até uma hora de duração. Procure manter a consistência de duração nos programas para que isso não desencoraje os ouvintes a consumir o seu conteúdo!

Use o Google Trends a seu favor

Esta ferramenta poderosa e gratuita, fornecida pelo Google, consegue oferecer insights de tendências de pesquisas dos usuários da internet.

Se o seu programa for sobre gastronomia, é possível filtrar as pesquisas mais realizadas para essa categoria, no caso, “Culinária e Receitas”. Com esses dados em mãos, é possível produzir um conteúdo que atenda a demanda dos ouvintes do programa.

Além disso, o Google Trends pode ajudar a entender o público-alvo de um determinado assunto. Ele consegue mostrar tendências de pesquisa de 2004 para cá, o que é fantástico para o estudo da sua audiência!

Invista em um áudio de qualidade

Um conteúdo bacana perde seu valor quando não pode ser veiculado com qualidade. Já pensou na frustração do público ao ouvir um programa cheio de chiados e interferências? 

Por isso, fique atento ao bitrate da sua transmissão, ou seja, a quantidade de dados que são transmitidos em um determinado intervalo de tempo. Quanto maior for essa taxa, maior será a qualidade do que ouvimos.

Aqui, na Bycast, nós oferecemos planos com a 128 kbps por segundo, uma ótima taxa de bitrate! Assim, seus ouvintes poderão direcionar a atenção deles para o que realmente importa: o conteúdo que eles adoram!

Não menospreze a parte prática do processo

Chegou a hora da parte prática de colocar um programa no ar! Ela é muito importante, para que não haja falhas na programação que possam desencorajar os ouvintes a consumir o conteúdo da sua rádio.

A parte prática do processo engloba desde a escolha de quem fará a locução dos programas até o tipo de transmissão da rádio.

Existem dois tipos de transmissão quando falamos sobre rádios: ao vivo e Auto DJ. Mas quais são as diferenças entre elas?

A transmissão ao vivo, como o próprio nome já diz, acontece em tempo real. O programa sai do seu computador, passa pelos servidores da empresa de streaming escolhida e é transmitido aos ouvintes.

Por outro lado, o Auto DJ oferece a possibilidade de a rádio funcionar 24 horas por dia, de forma automática. Você envia o conteúdo através do painel de controle, e os servidores encarregam-se de transmiti-lo aos ouvintes. Assim, você garante uma programação interrupta, fidelizando a audiência!

Apesar de resolver inúmeros problemas, como a ociosidade, é preciso usar o Auto DJ com parcimônia. Fazer com que toda a programação seja automática exclui a possibilidade de criar programas atuais, principalmente se falamos sobre conteúdos que envolvem política ou notícias.

Por isso, o ideal é que haja um equilíbrio entre o ao vivo e o Auto DJ. Assim, você poderá entregar conteúdo engajador sem perder o timing.

A hospedagem da rádio também é uma parte muito importante do processo. Um servidor robusto que aguente uma alta taxa de transmissão de dados pode influenciar  e muito! — na qualidade de sua web rádio.

Invista em playlists de qualidade

Digamos que seu programa seja musical e conte com canções dos anos 1960 e 1970. Você coloca o programa no ar e, de repente, percebe que a qualidade do áudio não está boa, além de as músicas serem as mesmas do dia anterior. E agora?

Para que isso não aconteça, e você queime o filme com os ouvintes, reserve uma parcela de seu tempo para conferir o conteúdo de cada playlist. Garanta que as músicas escolhidas não tenham ruídos, interferências ou o efeito de estarem estouradas.

Caso esteja na dúvida sobre quais músicas tocar no seu programa, pergunte aos ouvintes. Você pode usar as redes sociais para descobrir o que as pessoas querem ouvir dentro do universo abordado por seu programa.

A chave do sucesso está em fazer com que o público-alvo sinta-se parte daquilo que ouve.

Por que é interessante contar com uma empresa que forneça esses serviços?

Como vimos, ter uma rádio online é algo que demanda planejamento e muito tempo. Você precisará cuidar de diversas etapas, desde a concepção do programa até os equipamentos necessários para colocá-lo no ar.

Para que tudo saia conforme o planejado, é preciso uma empresa que entenda a complexidade desse processo e que o transforme em algo ágil e acessível a qualquer pessoa que deseja ter a própria web rádio.

A Bycast sabe o quanto é importante aliar tecnologia a um conteúdo incrível. É por isso que oferecemos um painel intuitivo e moderno. Com ele, você poderá se concentrar naquilo que realmente importa: produzir um conteúdo fantástico.

Além disso, com o crescimento da tecnologia, as pessoas estão presentes em diversos lugares ao mesmo tempo, seja fisicamente ou nas redes sociais. Pensando nisso, oferecemos em todos os nossos planos a possibilidade de gerenciar a rádio por meio do celular.

Que tal começar hoje mesmo a tirar suas ideias do papel? A Bycast tem diversas opções de planos, que contam com vários programetes para rádio, de acordo com sua necessidade. Entre em contato conosco!

Powered by Rock Convert
Bycast
Autor

Escreva um comentário