O rádio é um meio de comunicação apaixonante, verdade? Pela emoção transmitida em cada relato, despertando a imaginação do ouvinte, essa plataforma não perde relevância com o passar do tempo e continua sempre em voga.

Por mais que haja outros profissionais envolvidos em uma transmissão radiofônica, os elementos mais destacáveis são as vozes. Afinal, elas levam informação e entretenimento a quem está do outro lado. Boa dicção, capacidade de adaptação a imprevistos e vocabulário farto são características primordiais nessa função.

Falando nisso, você conhece os principais locutores de rádio famosos? Pois, no Brasil e no mundo, vários profissionais fizeram história relatando acontecimentos no microfone. No texto de hoje, esse é o nosso assunto. Continue a leitura e veja algumas figuras marcantes!

1. Milton Neves

Quem acompanha o cenário do rádio e da televisão até hoje deve saber de quem se trata. Mineiro da cidade de Muzambinho, Milton Neves começou a trabalhar na área justamente onde nasceu, na Rádio Continental.

Mais tarde, passou pela Colombo, em Curitiba, Jovem Pan, em São Paulo, e Oscar Monchito, em Goiânia. Milton teve experiências na TV, apresentando o programa esportivo Terceiro Tempo, por exemplo, na Band. Hoje, trabalha nas rádios Bandeirantes AM e BandNews FM.

2. José Carlos Araújo

Fanáticos por futebol precisam conhecer a história de José Carlos Araújo. Apelidado de Garotinho, esse carioca trabalha como radialista há quase 60 anos, construindo uma história incrível e que ainda não chegou ao fim.

Além disso, José Carlos também atuou como apresentador de televisão nos canais CNT, Bandeirantes e SBT. Ele se tornou conhecido, porém, pelas narrações de futebol na Rádio Globo, onde trabalhou durante 41 anos. Em 2012, transferiu-se para a Bradesco Esportes FM. Hoje, Garotinho integra a equipe da Super Rádio Tupi.

3. Graham McNamee

Saímos um pouco do cenário brasileiro e passamos para os Estados Unidos. Aqui, abordamos o impacto de um precursor na transmissão radiofônica esportiva. Ainda na década de 1920, Graham McNamee foi o criador do chamado ”play-by-play”, ou seja, a descrição de um jogo de algum esporte jogada a jogada, como é comum hoje.

À época, informações a respeito de partidas eram veiculadas em jornais no dia seguinte. Com a ”revolução” criada por McNamee, o método de acompanhamento de esportes mudou drasticamente. Em 2016, já falecido, o radialista recebeu o prêmio Ford C. Frick, dado a personalidades relevantes na história da transmissão do beisebol nos EUA.

4. José Gil Avilé

Apelidado de Beija-Flor, Avilé iniciou a carreira na Rádio Bandeirantes, figurando como o primeiro repórter do setor policial na emissora. Depois, partiu para a Tupi, onde costumava começar suas explanações com o bordão ”Beija-Flor, alô, gente, polícia chamando”.

José Gil foi o responsável pela criação de expressões muito famosas no Brasil, como ”picareta”, ”encardido”, ”comer capim pela raiz”, ”preto no branco”, ”ver o sol nascer quadrado” etc. Ele morreu cedo, com apenas 50 anos, após sofrer um infarto decorrente de complicações de embolia pulmonar. Bastou para gravar o nome na história.

5. Oscar Ulisses

Voltando ao âmbito esportivo, listamos Oscar Ulisses. Irmão de Osmar Santos, ”o pai da matéria”, ele nasceu em Marília (SP) e passou pelas rádios Jovem Pan e Bandeiras no começo da carreira.

Afirmado como um dos grandes locutores esportivos do país, Ulisses é o narrador titular do ”Futebol Globo no Rádio” em São Paulo, servindo às emissoras Globo e CBN. Todas as noites, das 19h às 21h, exceto em dias de jogos dos times paulistas, Oscar apresenta o programa ”Globo Esportivo”.

Estar por dentro da história, conhecendo locutores de rádio famosos, é muito importante tanto para quem gosta quanto para quem trabalha na área. Trata-se de uma ferramenta que evoluiu junto à humanidade no último século e já deu mostras de que não ficará para trás tão cedo.

Rádios online, por exemplo, têm crescido cada vez mais. Aproveite que está no nosso blog e saiba como ser um locutor de rádio de sucesso!

Powered by Rock Convert
Bycast
Autor

Escreva um comentário