Um radialista não deve se ater apenas às questões técnicas envolvendo linguagem e produção de texto, e disso você provavelmente já sabe. Afinal de contas, o conhecimento de aparatos para lançar determinado conteúdo também consiste em algo fundamental.

Saber como fazer uma transmissão ao vivo de rádio, por exemplo, é muito importante e pode ser o fator responsável por elevar a audiência. Quem tem o objetivo de montar uma emissora com funcionamento via web precisa tratar as informações ligadas aos equipamentos ainda mais a sério.

Você se interessa pelo tema e quer ficar por dentro de algumas dicas a respeito das exigências para realizar uma transmissão ao vivo? Basta continuar conosco e conferir o texto que preparamos. Boa leitura!

O que não pode faltar para uma transmissão ao vivo de rádio?

Alguns aparelhos figuram em uma lista de exigências para garantir a qualidade do som e a clareza da mensagem durante a transmissão ao vivo. Caso pretenda implantar uma rádio online com essa atração aos ouvintes, preste atenção na sequência do artigo!

Computador/notebook

Tanto faz se você conta com um computador de mesa ou com um notebook. A única coisa realmente relevante é o desempenho satisfatório da máquina. Deixe de lado os aparelhos lentos e que costumam travar, pois a chance de sofrer com imprevistos é alta.

Considere como média um equipamento que tenha o Windows como sistema operacional e cerca de 2 GB de memória RAM para estar apto a transmitir. A principal questão para lançar o material ao vivo é a qualidade da internet e nem tanto a da máquina, como percebemos.

Microfone

Partindo do princípio de que sua rádio não veicula apenas conteúdos sem locução, ou seja, trabalha somente com vinhetas prontas, o microfone é primordial. Entrevistas, interação com ouvintes e publicação de notícias exigem a presença desse instrumento.

Ruídos, áudios falhados e som baixo são péssimos para o ouvinte, e um microfone apropriado evita tudo isso. A clareza da mensagem passa diretamente por esse item, portanto, não o deixe de lado!

Internet de qualidade

A estabilidade da conexão de internet é mais importante do que a própria velocidade. Ao menos 300 kbps de upload são indicados para impedir travamentos durante as transmissões, já que a rádio envia os dados aos usuários (por isso upload).

Softwares específicos

Alguns softwares oferecem apenas a transmissão do áudio; outros também disponibilizam a automação dele. Plataformas que trabalham com apenas uma das etapas são mais leves e contrastam com a praticidade costumeiramente assegurada pelos que fazem o serviço completo.

Como funciona a transmissão?

Cada ferramenta especializada conta com peculiaridades, portanto, existem diferenças claras entre uma e outra. Em geral, o software oferece um sistema automatizado com a possibilidade de definir manualmente os seguintes recursos:

  • dispositivo de entrada do microfone;
  • biblioteca de música;
  • customização da transmissão com o preenchimento de dados específicos da rádio;
  • início da transmissão com apenas um clique;
  • inserção de novas músicas para reproduzir ao longo da transmissão.

De que forma uma empresa do ramo pode ajudar?

Contratar uma parceira para prestar esse serviço tem vários benefícios. Entre eles, figuram:

  • AutoDJ fácil e interativo;
  • transmissão automática de playlists;
  • programetes exclusivos;
  • agendamento automático de conteúdos;
  • gerenciamento via celular;
  • hospedagem de sites em ambientes otimizados etc.

Conforme você viu ao longo do texto, basta a vontade de fazer aliada ao conhecimento da prática radiofônica para realizar uma transmissão ao vivo de rádio. Seguir as dicas citadas é a parte mais simples de todas e deve ser seu ponto de partida.

Para seguir em frente na caminhada, entre em contato com a Bycast e conheça todos os nossos serviços!

Powered by Rock Convert
Bycast
Autor

Escreva um comentário