Já ouviu falar em termos como vinheta, spot e jingle? Se quer trabalhar com uma rádio, precisará conhecer essas palavras, o que elas significam e como utilizar esses termos da maneira correta no seu dia a dia.

Apesar de muita gente achar que jingles, spots ou vinhetas são sinônimos, a verdade é que cada um desses termos fala sobre um tipo diferente de peça publicitária. Para não confundir, é necessário saber como cada um funciona.

Se você tem essa dúvida e quer saber a diferença entre cada um desses termos, esse texto é para você. Continue a leitura!

O que são vinhetas, spots e jingles?

Existe uma razão para que muita gente ache que vinheta, spot e jingle sejam a mesma coisa: são elementos muito parecidos, inseridos numa mesma categoria, a de peças publicitárias.

Esses três elementos são peças publicitárias em áudio, cujo objetivo central é transmitir alguma ideia para os ouvintes. As peças são normalmente transmitidas no rádio, mas podem receber complementos visuais para aparecer na TV e outras plataformas que aceitem o audiovisual.

Quais as diferenças entre esses tipos?

Agora que já sabemos o que une esses três tipos de peças publicitárias, precisamos definir o que as difere para saber por que não são a mesma coisa.

Para começar, vamos definir a principal diferença entre essas peças: seu formato.

A vinheta é uma peça publicitária curta, que serve como uma assinatura sonora da marca que a emprega. Normalmente é composta por algum efeito sonoro específico e raramente tem palavras ou frases aplicadas.

Um dos principais exemplos de vinhetas é o “plim-plim” da Rede Globo de Televisão, por exemplo, reconhecido por todos os brasileiros.

O jingle, por sua vez, se trata de uma peça publicitária cantada. Ele é composto por uma mensagem que é transmitida ao ouvinte no formato de uma música cativante, de fácil reconhecimento e que fique marcada em quem ouve.

Já o spot tem como principal característica o fato de entregar uma mensagem falada. Ao contrário do jingle, não precisa se preocupar em cativar o ouvinte, seu foco é transmitir as informações que deseja comunicar de forma simples e direta.

Outra diferença básica entre essas peças publicitárias é o tempo de duração delas. A vinheta não tem um tempo definido, com sua duração dependendo do objetivo e da frequência de uso. Pode variar de 2 até 30 segundos.

O jingle, normalmente, varia de 15 a 45 segundos, enquanto o spot fica com maior intervalo de duração: vai dos 15 segundos até 1 minuto completo.

O objetivo dessas peças publicitárias também as diferencia. A vinheta tem como objetivo criar uma assinatura da marca, que a torna reconhecida para os consumidores.

Já o jingle tem como meta inserir a mensagem na cabeça do ouvinte via combinações musicais que são de fácil assimilação.

Por fim, os spots têm como objetivo transmitir informações de forma clara e direta para o ouvinte.

Como produzir boas peças desses tipos?

Já entendemos bem como funcionam os spots, jingles e vinhetas. A pergunta que resta é como produzi-los para usar em nossas rádios?

Com os softwares atuais e os catálogos de efeitos sonoros gratuitos na Internet, qualquer um pode montar suas peças publicitárias. Porém, o resultado nunca é tão eficaz como o material feito por gente profissional, com experiência nesse tipo de conteúdo.

Por isso, para garantir que terá boas vinhetas, spots e jingles na sua rádio, o melhor é contar com a consultoria de quem é do ramo e sabe como criar o melhor material possível.

Como deu para ver, vinheta, spot e jingle são bem diferentes e devem ser usados em momentos diferentes. Agora que você já os conhece bem, tem maior capacidade para usá-los em sua rádio online.

Se você gostou desse conteúdo, curta a nossa página no Facebook! Assim você terá acesso aos nossos melhores posts e discussões por lá!

Powered by Rock Convert
Bycast
Autor

Escreva um comentário