A rádio tradicional já foi trilha de vários momentos na vida de muitas pessoas, e ainda se faz presente no cotidiano. Será que você nunca entrou em uma discussão no meio de uma viagem sobre quem ia escolher qual emissora AM ou FM sintonizar?

As frequências AM e FM não dizem respeito apenas ao canal desejado e o tipo de programação geralmente encontrada em cada uma, e quem deseja investir na sua própria estação precisa conhecer a diferença entre as duas. Portanto, confira neste artigo um panorama sobre o assunto. Boa leitura!

O que significa frequência AM ou FM?

AM é a sigla relativa à Amplitude Modulada. Já FM é o nome atribuído à Frequência Modulada. Em se tratando da comunicação em rádio, a modulação é o processo de adicionar voz ou música às ondas sonoras.

Como as frequências AM e FM utilizam processos diferentes para transmitir as ondas sonoras, há impactos na qualidade do som e no alcance que devem ser considerados ao escolher uma frequência ou outra para sua rádio.

Quais as vantagens e desvantagens de cada frequência?

Quem está pensando em criar um canal de rádio deve ponderar as vantagens e desvantagens da frequência AM e FM. Conheça:

Alcance

O alcance da faixa AM é muito superior ao da FM. Em termos técnicos, a AM opera entre 500 e 1600 Quilohertz, já a FM entre 88 e 108 Megahertz. Geralmente, o raio de alcance da FM não ultrapassa os 100 km.

Custo e complexidade

Manter uma rádio AM sai um pouco mais em conta do que uma estação FM. Por ser mais antiga, os equipamentos exigidos para a manutenção de uma estação AM e a transmissão da sua programação são menos complexos em relação à frequência FM.

A faixa FM exige, ainda, uma licença de atuação para que o sinal seja transmitido sem interferências.

E a qualidade de áudio?

Você pode perceber que, em termos de qualidade de áudio, escolher entre AM ou FM é inversamente proporcional ao custo.

Enquanto a frequência AM tem um custo reduzido por ser uma tecnologia mais arcaica, a FM surgiu justamente pela necessidade de se ter uma rádio com mais qualidade de áudio.

O amplo alcance da AM faz com que a frequência esteja sujeita a interferências de outras ondas eletromagnéticas, o que diminui a qualidade e nitidez do som, enquanto a FM se mostra mais sólida a esses problemas, ainda que o raio de cobertura seja inferior. A maior qualidade do som em uma estação FM também a torna mais adequada para um conteúdo estéreo.

Felizmente, existe uma maneira de fazer com que a AM seja tenha uma qualidade de áudio superior e se iguale a FM: investir em uma web rádio pode fazer com que uma estação AM tenha um som fluído e nítido como o da FM.

Você está pensando em investir em uma rádio? Esperamos que este artigo tenha ajudado você a decidir sobre escolher a frequência AM ou FM!

Ficou com alguma dúvida ou tem algo a acrescentar? Vamos conversar, deixe um comentário!

Powered by Rock Convert
Bycast
Autor